Os 3 maiores erros em um planejamento de obras

Sabemos como uma obra leva tempo e esforço, além dos custos e despesas que, muita das vezes, são os fatores que mais impedem os gestores de obras a concluírem suas operações.

Além disso, a construção também envolve muita mão-de-obra e procedimentos burocráticos. 

Se houver erros durante o desenvolvimento de um projeto, por exemplo, como consequência, o produto pode não ter a qualidade desejada e até chegar riscos aos compradores.

Por essa razão, o planejamento é o melhor aliado para que os riscos sejam diminuídos e o projeto caiba sem complicações dentro do orçamento.

Veja abaixo quais são os maiores erros cometidos pelos profissionais de obra, e saiba como evitá-los!

Falta de planejamento

Quando falamos em planejamento, logo nos vem à mente o processo de planejar qual será a obra e como ela será desenvolvida.

No entanto, muitas construtoras e profissionais de construção acabam não planejando seus gastos com imprevistos ou erros no cronograma.

Até mesmo planejar como será a negociação acordada em cada etapa do projeto com os parceiros de obra é essencial.

Por essa razão, se você está pretendendo iniciar um novo projeto ou procura uma empresa especializada em construção, veja como anda seu planejamento e saiba de todos os detalhes possíveis previstos para sua elaboração.

Se a intenção do seu projeto é montar uma nova empresa que faça serviços de blindagem de carros ou de aluguel de empilhadeira, ou até mesmo que produz equipamento de proteção individual, por exemplo, saiba qual será seu prazo, custos, riscos, como será feito seu monitoramento, dentre outros diversos detalhes importantes!

Erros no cronograma

É muito comum, quando é iniciado uma projeção de obra, os responsáveis pelo seu desenvolvimento não darem um prazo de conclusão certeiro.

Isso acontece, pois as divergências que ocorrem durante o projeto podem fazer com que seu prazo leve mais ou até menos tempo para ser finalizado.

Por isso, é essencial no momento de acordo com o projeto, listar quais são todas as contingências e impedimentos que podem atrasar ou diminuir o tempo estimado.

Dessa forma, sua obra estará mais segura e dentro das leis, para que nenhuma burocracia atrapalhe seus objetivos!

Orçamento diferente

Outro fator que muitas empresas de construção costumam pecar é em relação ao orçamento. No início e o final de qualquer projeto, os orçamentos chegam a ser até assustadores.

Além disso, os gestores de projetos possuem a função de mudar e negociar diversos tipos de orçamento ao longo do projeto. Por isso, saiba que os preços sempre irão mudar.

Para ter mais segurança, é muito importante manter uma boa estrutura de capital para que o projeto possa ser realizado em menos tempo e com maior qualidade!

Monitore sua obra

Ao longo do post, vimos que o planejamento de obras é muito mais burocrático e complexo do que parece ser. E por isso, o planejamento é uma questão de prioridade, principalmente se você quer obter sucesso na finalização do seu projeto!

Como dissemos no post, a falta de planejamento, os erros no cronograma e as divergências no orçamento atrapalham qualquer atividade.

Desse modo, o melhor a se fazer é planejar e organizar uma estrutura necessária para que os riscos sejam diminuídos e você obtenha qualidade por um preço que caiba dentro do seu orçamento!

O que achou dessas dicas?

Esse artigo foi escrito por Rafaela Ricardo, Criadora de Conteúdo do Soluções Industriais.

Comments

Comentários


Deixe uma resposta