Dicas para aplicação de porcelanato

Porcelanatos são lindos, resistentes e têm ganhado espaço nas reformas e construções. O sucesso desse revestimento não é à toa: ele deixa o ambiente mais elegante e é muito popular em projetos residenciais modernos, sendo considerado o queridinho de muitos brasileiros.

Além de toda beleza e modernidade, o porcelanato é um revestimento prático na manutenção e higienização diária. A limpeza é rápida e simples, pois basta varrer o piso e passar um pano umedecido em água, detergente ou outro produto específico para se livrar da poeira acumulada.

Como se não bastasse, esse revestimento possui enorme versatilidade decorativa, podendo ser encontrado em diferentes cores, texturas e tamanhos, o que possibilita sua utilização em qualquer ambiente da casa.

Para completar a lista de benefícios, porcelanato tem alta durabilidade e resiste bem à umidade e baixa absorção de água, garantindo boa aparência por muito mais tempo.

O importante é escolher o que seja adequado ao ambiente que será colocado. Por exemplo: não dá pra assentar porcelanato esmaltado (brilhante) no piso do banheiro. Ambientes úmidos necessitam de pisos com características mais rústicas, que oferecem maior resistência ao escorregamento e quedas.

Tipos de porcelanato

Para deixar mais fácil a ida à loja de materiais de construção, é preciso conhecer bem as opções antes de passar o cartão de crédito. Separamos um breve guia do porcelanato para que você possa começar a adquirir esse conhecimento:

Polido

O porcelanato polido, também conhecido por porcelanato técnico, é o mais comum. É extremamente liso e, devido essa característica, indicado para áreas secas da casa como salas, quartos e corredores.

Sua utilização não é aconselhável em outros ambientes, já que, em contato com a água, pode se tornar bastante escorregadio.

Esmaltado

Esse tipo de porcelanato recebe uma camada de esmalte por cima do revestimento e outros materiais relacionados às características de sua superfície, que pode ser lisa, áspera, brilhante ou mate.

Acetinado

Possui acabamento com menos brilho e, por isso, é menos cansativo aos olhos, deixando o ambiente mais aconchegante. Ideal para salas e quartos. Por ser menos escorregadio, pode ser utilizado em áreas úmidas.

Struturato

O porcelanato struturato possui superfície levemente abrasiva. Indicado para o uso em áreas molhadas como  sauna, box do banheiro, garagens e decks.

Natural

Esse porcelanato é bastante resistente e pouco escorregadio. Por este motivo pode ser usado em áreas comerciais e residenciais.

Cuidados na colocação do porcelanato

Agora que você já conhece os tipos e as características deste revestimento, é importante ficar atento na sua colocação. E não estamos falando da preparação da argamassa e colagem do piso.

O que vamos enfatizar são dicas simples, mas que fazem a diferença na execução da aplicação de porcelanato. Fique de olho nas nossas orientações e aprimore a forma de realizar esse trabalho:

  • Antes de assentar o revestimento, molhe a superfície para que o porcelanato absorva um pouco dessa água (cerca de 2%). Isso faz com que a peça tenha melhor fixação e evita que se solte no futuro;
  • Todo porcelanato possui a indicação de uma seta nas costas da peça. Essa observação é importante, pois orienta o sentido de colocação da cerâmica. Funciona da seguinte forma: se você assentar a peça com a seta para a direita, por exemplo, as demais devem seguir essa mesma orientação. A inversão do revestimento pode dar diferença no resultado final;
  • Ao assentar a peça na superfície, não faça pressão apenas com as mão: utilize o martelo de borracha para regular a colocação e evitar a possibilidade de formação de ar entre a cerâmica e a argamassa.
  • Martelos de borracha na cor branca são indicados para revestimentos de cor clara, visto que o da cor preta pode manchar o piso. Mas, se tiver apenas o martelo escuro, não há necessidade de comprar outro. Envolva-o com um tecido claro e use normalmente;
  • Os niveladores são muito importantes no momento da colocação do piso, pois garantem resultado 100% regular;
  • Para porcelanatos de cor clara, utilize argamassa de cor branca;
  • Faça limpezas constantes à medida que for assentando o piso. Não deixe para fazê-las no final do dia ou quando todas as peças forem colocadas. Ao colar uma peça, passe esponja molhada ou estopa seca para retirar toda a sujeira. Isso evita manchas no porcelanato.Imagem relacionada

As dicas para assentamento do piso em porcelanato são simples, mas garantem mais qualidade ao serviço e valorizam muito o trabalho geral. Para resultados adequados, siga sempre as instruções do fabricante. Você também pode procurar por cursos para azulejista ou assistir vídeos no youtube, como os do canal O Azulejista.

E, se ainda tiver alguma dúvida sobre aplicação de porcelanato, entre em contato com a gente!

Comments

Comentários


Deixe uma resposta