Vale a pena se profissionalizar como pedreiro?

Há muitos anos o profissional da construção civil era visto como o homem sem estudo que, não conseguindo um “bom” emprego, pegava uns “bicos” como servente de pedreiro. Era possível observar que muitos pedreiros, pintores, eletricistas e outros especialistas do ramo seguiam os passos do pai ou de algum parente próximo.

Mas essa percepção sobre quem atua na área mudou muito. Atualmente, muitas pessoas se profissionalizam no setor por escolha.

A falta de conhecimento teórico se mostra um dos maiores problemas da construção civil no Brasil. A contratação de mão-de-obra qualificada para o canteiro de obras é um desafio para as construtoras. Isso está diretamente ligado à baixa produtividade, menor qualidade do serviço e não cumprimento de prazos.

Mas, para aqueles que têm compromisso com o trabalho e clientes, não existe tempo ruim. Aos que têm interesse de ingressar na área, ou mesmo para os que já estão, existem cursos profissionalizantes que ajudam o profissional a conseguir novas oportunidades e garantir melhor remuneração.

Caso você não tenha, no momento, dinheiro para investir num curso, calma: existem alternativas.

Internet como aliada

Para quem faz parte do grupo que pode se inscrever num curso pago, existem muitas escolas e instituições que oferecem diversos cursos para pedreiro. É comum a parceria da escola com empresas que aproveitam a mão-de-obra dos alunos.

Mas, para os que não podem investir num curso pago, existem opções gratuitas na internet. É possível adquirir conhecimento e se qualificar em canais de empresas e Youtubers que dão dicas valiosas aos profissionais da construção.

A grande vantagem de usar a internet é que o trabalhador não fica preso a um horário a cumprir para assistir às “aulas”: ele tem a liberdade de acessar a informação no tempo livre e quando quiser. Além dos canais no YouTube, existem blogs (inclusive o nosso!) e sites com artigos e vídeos excelentes para quem quer aprender e ser um profissional melhor.

Uma pesquisa rápida também aponta cursos gratuitos para azulejistas na internet, pedreiros e outros profissionais.

Outra fonte importante na busca de conhecimento são as feiras voltadas para o setor que acontecem em todo o Brasil. Nelas, além de ter acesso às novidades referentes a materiais de construção, novas tecnologias e ferramentas, acontecem eventos com especialistas da área que compartilham seus conhecimentos e técnicas.

Ações que transmitem credibilidade

O trabalhador bom e qualificado sempre tem trabalho, mesmo nos momentos de crise econômica. Afinal, sempre tem alguém que quer construir casa ou reformar. Para esses, aqui vão algumas dicas para manter a agenda sempre cheia:

  • Aja sempre com honestidade e respeito ao contratante. Seja claro e objetivo ao passar um orçamento ao cliente, de preferência por escrito e com o descritivo detalhado do serviço a ser prestado;
  • Descreva os materiais a serem adquiridos para a execução da obra. Caso a compra seja feita pelo profissional na loja de material de construção da sua confiança, apresente os orçamentos e notas fiscais;
  • Não minta sobre o prazo de entrega do serviço. Negocie e, caso não possa cumprir o que o cliente deseja, seja franco;
  • Informe seu cliente sobre cada etapa do processo. Ele não é seu adversário, pelo contrário: é seu maior aliado no mercado de trabalho;
  • Evite intimidade com o contratante e o respeite como você deseja ser respeitado.

Além disso, lembre-se de, ao entregar o trabalho, deixar o ambiente limpo e organizado, como estava antes da obra.

Conhecimento para conquistar

Assim como em qualquer profissão, o pedreiro e demais trabalhadores da construção civil enfrentam grande concorrência. Trabalhar como autônomo ou com carteira assinada exige que tais profissionais se qualifiquem e ofereçam um serviço diferenciado para conquistar e manter o cliente. Conhecimento nunca é demais; por isso é tão importante se profissionalizar em um mercado tão exigente.

O profissional qualificado e bem informado está sempre atento às novidades, sejam na área da tecnologia ou de material e ferramentas. E o mais importante: quem tem mais conhecimento normalmente consegue uma remuneração melhor, fideliza os clientes e consegue cargos melhores numa empresa.

Viu como se profissionalizar como pedreiro é importante? Se precisar de mais materiais sobre isso, conte com a Inove Sua Obra!

Comments

Comentários


Deixe uma resposta