Tudo sobre niveladores de piso

Você já reparou que a beleza de uma obra está nos detalhes? Construir um imóvel não é apenas colocar blocos, telhados e esquadrias de alumínio, mas se preocupar com o acabamento e todos os pormenores que dão qualidade ao serviço.

A colocação de piso nas edificações, por exemplo, é uma etapa que merece toda  a atenção do pedreiro ou azulejista. Afinal, cerâmicas e porcelanatos dão vida aos ambientes e, por isso, precisam ser assentados corretamente.

Ou seja, as peças devem estar retinhas, bem posicionadas e alinhadas.

Para garantir uma aplicação perfeita do piso, é recomendado o uso de uma solução  prática e funcional: os niveladores.

banner-niv-ela-piso-lateral

O que é nivelador de piso?

O nivelador de piso é um sistema de peças plásticas geralmente formado por dois componentes: espaçador e cunha. O primeiro componente é colocado entre as cerâmicas a fim de manter todas as placas no mesmo nível. Já a cunha serve para prender e ajustar o espaçador, proporcionando o acabamento desejado.

Esse produto gera muito mais agilidade e resultado de qualidade na obra, desde que utilizado da forma correta. De nada adianta aplicar os niveladores e não fazer uso de outras ferramentas que também são essenciais para essa atividade, como o alicate nivelador e a desempenadeira.

Os niveladores são aplicados tanto em pisos cerâmicos quanto em porcelanatos. Para que a aplicação das peças tenha bons resultados, siga os seguintes passos de assentamento de pisos:

  •      Verifique se a superfície está regular, livre de poças, caroços, tintas e óleos;
  •      Passe a argamassa nas cerâmicas com a desempenadeira e assente as placas, utilizando um martelo de borracha para melhor aderência;
  •      Após a colocação do revestimento, use o nivelador para criar espaços no piso, nos quatro lados da cerâmica;
  •      Aplique a cunha no nivelador para que haja o nivelamento entre as peças;
  •      Repita os procedimentos em todas as placas assentadas no ambiente;
  •      Utilize o alicate para nivelar piso como ferramenta de apoio para apertar a cunha no nivelador;
  •      Quando a argamassa estiver seca, e se você achar que já é hora de retirar o nivelador de piso, remova-o com o martelo de borracha, sempre no sentido da junta, para finalizar o processo.

Existem alguns tipos de niveladores no mercado: os tradicionais, que contêm uma abertura quadrada para a introdução da cunha, o espaçador alvo e o nivelador com hastes e manípulos, cujo sistema é por enroscamento.

Todos funcionam muito bem e garantem nivelamento perfeito nas cerâmicas e no porcelanato. A escolha fica por conta do azulejista, que pode optar por aquele de sua preferência ou cujo tamanho esteja disponível na loja de material de construção.

Como calcular a quantidade de niveladores de piso

Calcular a quantidade de niveladores de piso para a obra é simples, mas você irá precisar de uma informação imprescindível: o tamanho do piso ou porcelanato a ser aplicado.

Agora, faça a seguinte regra: comprimento das peças (X), em centímetros, largura das peças (Y), também em centímetros, área total (em metros) e o assentamento diário, que é a quantidade de pisos que você consegue instalar por dia.

Você vai dividir a metragem quadrada das placas pelo número de dias que pretende executar o trabalho. Com esse cálculo você encontra o valor final de quantidade de niveladores de piso a serem utilizados.

Os niveladores de piso são ótimos, práticos e agregam inúmeros benefícios para o canteiro de obra.

Veja alguns:

  •      Ajudam a deixar o ambiente bonito, sem peças tortas e desniveladas, garantindo a qualidade do trabalho;
  •      Têm custo baixo;
  •      A cunha é reutilizável, podendo ser retirada e aplicada em outras obras por 30 vezes sem perder a qualidade;
  •      Não causam sujeira na obra, já que as peças plásticas são retiradas após a secagem da argamassa;
  •      Estão disponíveis em vários tamanhos.

Se você quer saber mais sobre os niveladores de piso, como tamanhos, quantidades, formatos e preços, entre no site da Inove sua Obra.

Comments

Comentários


Deixe uma resposta