Como preparar armações de ferro com mais facilidade

Se você precisa preparar armações de ferro em sua obra e está com dúvidas como proceder, vamos te ajudar a executar essa tarefa com segurança e facilidade.

Para fazer uma construção utilizando concreto, é necessário seguir alguns passos (exclusivos a profissionais da construção civil, já que a atividade exige certa experiência no assunto) para que seja possível alcançar melhores resultados em um canteiro de obras.

Não é a atividade mais fácil do mundo: um momento crítico do processo, por exemplo, é o de posicionar corretamente os ferros de reforço ou ferragens. Contudo, com foco e bons materiais, é possível preparar armações de ferro com enorme potencial de acerto.  

Passo a passo para preparar armações de ferro

A primeira dica sobre preparar armações de ferro é: não tente fazer isso de supetão, só porque você precisa urgentemente dessa solução em determinado momento.

Todo o processo necessita de planejamento e cuidados, tanto para garantir um bom resultado, sem necessidade de refações, quanto para assegurar a confiabilidade do cliente em sua obra.

As outras dicas estão aqui:

1 – Planeje o projeto

Para a construção de concreto estrutural é essencial que o planejamento seja feito por especialistas (engenheiro e arquiteto). Eles fornecerão todas as informações específicas relacionadas às medidas, configurações e posicionamento das ferragens no concreto.

2 – Compre a ferragem e outros materiais necessários

Para preparar armações de ferro em projetos mais simples, como uma fundação de construção típica, as ferragens podem ser adquiridas em lojas de materiais de reforma. Mas se a aplicação é mais complexa, como viga de fundação, você vai precisar de formas específicas para a fabricação de ferragens.

De forma geral, os materiais necessários para preparar armações de ferro são:

  • Vergalhões – barras de aço com nervuras;
  • Estribos – ferragens moldadas que seguram a lateral dos vergalhões em algumas configurações;
  • Âncora têm, geralmente, a forma de L ou pedaços de vergalhões com uma dobra de noventa graus em uma ponta;
  • Suporte de dobragem – constituído de um pranchão que deve ser preso na bancada, no qual se colocam cavilhas de ferro que constituem os pontos de apoio quando da dobra da ferragem;
  • Grifo – serve para dobrar e recurvar os ferros;
  • Grampos Molfix – fixadores e espaçadores de estribo;
  • Alicate Molfix – alicate aplicador de grampos fixadores e espaçadores Molfix.

3 –  Separe os vergalhões

Antes de preparar armações de ferro, remova individualmente os vergalhões, estribos e âncoras dos seus respectivos feixes de acordo com as quantidades no desenho de localização.

Um exemplo seria uma placa medindo 3,6 metros por 3,6 metros, com vergalhões de 20 centímetros em uma direção e 30 centímetros na outra. Determine a quantidade dos vergalhões necessários em cada direção, marque dois ou três vergalhões com as medidas apropriadas em cada sentido e conte as marcas para determinar quantos vergalhões são pedidos para cada direção.

4 – Amarre as ferragens

Para preparar armações de ferro o fundamental é amarrar os vergalhões para que fiquem na posição correta. Esse é um ponto crítico para alcançar a força desejada na estrutura final do concreto.

Faça as amarrações nos cruzamento dos ferros. Com o auxílio de um alicate, os ferros são fixados com grampos Molfix.

Quer saber mais sobre os grampos fixadores e espaçadores Molfix? Clique aqui.

molfix-ok

5 –   Use o alicate Mofix para apertar os fixadores

O alicate é uma ferramenta essencial para fixar os grampos nas armações de ferro.

Mas se, no momento de preparar armações de ferro, for preciso retirar alguma peça de fixadores, vire o alicate ao contrário do procedimento de fixação e utilize sua parte desenvolvida para remoção.

Ins2

6 – Amarre os vergalhões nas posições corretas

Não se esqueça de conferir a planta para ter certeza de que cada componente do reforço está no lugar. Em geral, em reforços estruturais de concreto você encontra diversos elementos que interagem além dos materiais básicos de ferragem.

7 – Observe a posição das ferragens enquanto o concreto é virado

O concreto deve ser despejado no interior da coluna e socado para não deixar falhas. Em grandes obras, são utilizados vibradores elétricos, mas você pode usar um cano de ferro maciço ou uma madeira pesada. O importante é socar o concreto a cada 30 cm de altura.

Aparentemente, despejar o concreto dentro das colunas não é nenhum problema. Porém, não se deve despejá-lo a partir de uma grande altura. O concreto é composto de cimento, areia e pedra, e coloca-se água até obter uma mistura ideal.

Se despejar o concreto a partir de uma grande altura, as pedras cairão em primeiro lugar, já que são mais pesadas, e a nata de cimento irá por cima, de forma que as pedras não farão liga com a mistura.

8 – Cuidado com vergalhão exposto enquanto trabalha

Vergalhões que foram “partidos” ou mecanicamente cortados deixam pontas muito afiadas. Muitos trabalhadores da construção civil sofrem sérios ferimentos quando caem sobre ferragens projetadas.

Cubra ou proteja os vergalhões enquanto estiver trabalhando para evitar acidentes de trabalho.

Vale o lembrete: para todo trabalho em canteiros de obra, não se esqueça dos equipamentos de segurança adequados para cada atividade. As luvas, por exemplo, são fundamentais para proteger as mãos do armador ao preparar armações de ferro.

Quer saber mais sobre como preparar  armações de ferro? Entre em contato com a gente.

Comments

Comentários


Um comentário sobre “Como preparar armações de ferro com mais facilidade

  1. Boa noite não comprei ainda mas indiquei Molfix rebotek e os espassadores meu amigo comprou ficou muito satisfeito e ja indicou também um abraço

Deixe uma resposta