Vale a pena refazer forro da parede?

Obras de reparos muitas vezes são necessárias para deixar a casa não só com uma boa aparência, mas, principalmente, evitar transtornos e preocupações futuras.

Os motivos mais frequentes para refazer forro da parede são o aparecimento de umidade, trincas, fissuras e rachaduras. Se você vai refazer forro da parede, antes de qualquer coisa, faça uma avaliação do estado dela. Cada tipo de fissura tem uma causa e precisa ser identificada antes de determinar o tratamento.

E qual a diferença entre trincas, fissuras e rachaduras? Pode até parecer a mesma coisa, mas tome cuidado! Cada uma tem suas especificidades e também o nível de gravidade.

Rachaduras podem ocorrer por excesso de peso na laje que, aos poucos, distribui esse peso para vigas e pilares.

O excesso de peso pode acontecer pelo fato de ter uma construção no segundo andar, sem que haja uma estrutura no imóvel necessária para suportar o novo pavimento. Até mesmo uma caixa d´água adicional pode provocar esse dano.

Já as trincas podem ocorrer pelos mesmos motivos da rachadura, mas também podem acontecer pelo uso de material de baixa qualidade ou de execução mal feita.

O mesmo se aplica às fissuras, desde que a parte estrutural não esteja afetada. Há também casos de trincas e fissuras por motivos de dilatação do material, conforme a temperatura.

Antes de refazer forro da parede, fique de olho em trincas e rachaduras com mais de 0,5mm, uma vez que estas devem ser submetidas à avaliação de um engenheiro habilitado, já que podem se tratar de manifestações de problemas estruturais graves.

Por que refazer forro da parede?

Se sua parede apresenta aspectos ruim como mofo, umidade, trincas e rachaduras, refazer forro da parede se torna uma prioridade. Por isso, vamos te apresentar algumas técnicas existentes no mercado e suas vantagens e desvantagens.

#1 Reboco comum

É um método mais convencional e manuseia materiais tradicionais como cimento e areia.

Vantagens:

– Pode ser usado em ambiente interno e externo;

– Por ser feito de massa de cimento, forma uma camada resistente e muito sólida;

– Pode ser molhado, não há problemas com batida de chuva na hora de refazer forro da parede;

– Permite a aplicação de vários tipos de acabamento como massa corrida, pintura direta, papel de parede, grafiato, entre outros;

– Pode ser furado para colocar armários, quadros e peças de decoração.

Desvantagens:

– O custo é mais alto. Além de demandar bastante material de construção, exige muita mão de obra;

– Podem haver trincas, principalmente em construções novas, em que ocorre um período de “ajuste” das paredes;

– Embora seja resistente a água, o seu excesso pode causar infiltração.

#2 Gesso

O uso do gesso em substituição ao reboco é uma alternativa indicada em muitos casos para refazer o forro da parede. Requer cuidados pelo material ser sensível à água, portanto o seu uso deve ser feito em locais secos e bem protegidos de umidade, chuva e qualquer outro contato semelhante.

Vantagens:

– Rapidez na aplicação;

– Economia de tempo e, possivelmente, de custo;

– Bom acabamento da parede.

Desvantagens:

– Não pode ser usado em paredes externas, ao menos não nas que estejam expostas à chuva;

– Não pode ser usado para refazer o forro da parede quando essa possa receber umidade;

– Não é lavável;

– É menos resistente que o reboco comum.

#3 Drywall

É uma técnica que consiste na colagem de placas de drywall diretamente na parede de alvenaria. Esse sistema dispensa reboco e chapisco, deixando a parede pronta para a pintura.

Vantagens:

– Método fácil, rápido e barato;

– Sistema limpo e seco;

– Baixa produção de entulho na obra;

– Alta produtividade;

– Conforto térmico e acústico;

– Estética.

Desvantagens:

– O sistema é menos resistente a impactos que a alvenaria. Para suportar pesos de prateleiras e quadros com sobrecarga de mais de 20kg é necessária a utilização de acessórios apropriados, sempre colocados por profissionais capacitados;

– Restrito a ambientes internos;

– Propenso à proliferação de bactérias e fungos. O espaço vazio entre as placas e a parede é o ambiente perfeito para o desenvolvimento de bactérias e o aparecimento de insetos, como o cupim.

Todos os sistemas descritos são apropriados para a obra de reparo de sua residência ou escritório na hora de refazer o forro da parede. No entanto, a reforma só vai ter valido a pena se alguns pontos forem observados, como o uso de impermeabilizante, estrutura interna de fios, a parte hidráulica, etc.

E, como sugestão, apresentamos a Massa Rápida Rebotecpara pequenos reparos na hora de refazer o forro da parede e de seus cantos. Esse produto oferece um acabamento melhor que a massa corrida, tem alta resistência e seca em 10 minutos.

Gostou do nosso post sobre as possibilidades de refazer forro da parede? Com essas orientações você aumenta a possibilidade de obter um serviço de qualidade e com menor custo, inovando sua obrae fazendo seu nome no mercado.

Comments

Comentários


Deixe uma resposta