Como calcular quantos niveladores de piso você precisa

Todo bom azulejistadeve contar com niveladores de piso em sua maleta de ferramentas. Afinal, essa é uma das principais formas de inovar na obra e gastar menos tempo e energia – além de impressionar os clientes com soluções mais baratas para resultados impressionantes.

Contudo, utilizar niveladores de piso só faz sentido se dois fatores forem levados em consideração. O primeiro é entender a real finalidade desse tipo de instrumento. O segundo é saber quanto utilizar dele, já que uma quantidade menor pode gerar prejuízo no trabalho final e uma maior resulta em desperdício.

Vamos, primeiro, resolver a primeira parte dessa equação para conseguir tirar dessa ferramenta seu melhor proveito.

Afinal, o que são niveladores de piso?

Como já dissemos ali em cima, niveladores de pisosão ferramentas que auxiliam na execução mais rápida de uma obra de assentamento de pisos e azulejos. Como? Através de espaçadores, que nada mais são do que peças plásticas, formadas por clipes e cunhas, que são capazes de ajudar o profissional da construção a espaçar perfeitamente as peças a serem assentadas e alinhá-las em um mesmo nivelamento.

Se fizer na mão, o risco do azulejista em errar é muito grande, já que nem sempre o olho está bem calibrado para entender o melhor espaçamento ou nivelamento, dependendo do material de trabalho. E, como todos nós sabemos, cada erro significa mais horas de trabalho e cliente insatisfeito, tanto com o prazo de término quanto com a necessidade de compra de novos materiais.

Por isso, os niveladores de piso são o melhor amigo do azulejista – e de qualquer pedreiro que queira terminar a obra em tempo recorde, mas sem descuidar de sua qualidade de entrega. Nivelar pisos com os espaçadores é como utilizar os instrumentos certos para que a soma entre menor tempo de execução e melhor resultado da obra seja, finalmente, possível.

Erros que podem prejudicar

Todo pedreiro, azulejista ou qualquer outro profissional da construção civil sabe que a sua reputação é seu bem mais precioso. Afinal, essa é uma área de atuação em que a principal propaganda é feita pelo boca a boca, por isso é tão importante realizar um bom trabalho, seja com niveladores de piso ou não.

O problema de não utilizá-los é a série de erros que isso pode causar, e não só para a estética da obra: dependendo do que for, até mesmo a engenharia local pode ser prejudicada. Um dos exemplos é a danificação dos pisos, além da possibilidade de infiltração se eles não estiverem bem nivelados.

Portanto, sempre que possível, opte por usar os niveladores de piso na sua obra, porque eles vão te ajudar a evitar esses erros e fazer seu nome como o profissional que entrega no prazo, com a maior qualidade, uma obra que dura. Sim, porque não é só mostrar aos patrões que a reforma está feita. É preciso que ela se mostre sustentável e duradoura, não apresentando nenhum problema por muitos e muitos anos.

Tá, mas e o cálculo?

Você veio aqui para entender como calcular a quantidade de niveladores de piso na sua próxima obra, certo? Fique tranquilo, pois não vai sair daqui sem essa continha.

Para calcular quantos niveladores de piso você vai utilizar, uma informação é imprescindível: o tamanho do piso ou porcelanato a ser aplicado.

Com essa informação em mãos, faça a seguinte regra: comprimento das peças (X), em centímetros, largura das peças (Y), também em centímetros, área total (em metros quadrados) e assentamento diário, que é a quantidade de piso que você, como profissional, consegue instalar por dia.

Com o tamanho (X x Y) das peças, divida a metragem quadrada pelo número de dias que você pretende executar de trabalho, para encontrar o valor final.

Se sua peça possui, por exemplo, 50cm por 100cm, são necessárias duas peças no seu comprimento e três na sua largura. Multiplique esse valor pela metragem quadrada total e você terá a quantidade aproximada de niveladores de piso necessários para a conclusão da obra.

E, para encontrar os niveladores de piso com melhor custo-benefício do mercado, conte com a gente!

Comments

Comentários


Deixe uma resposta