Como inovar sem aumentar o custo da obra?

Para você, inovar sem aumentar o custo da obra é algo que parece impossível? Muitos clientes e até muitos profissionais da construção civil pensam assim, e o motivo é bem simples: é comum pensar que a inovação está sempre relacionada à alta tecnologia e, por isso, sempre vai custar muito caro.

Mas a vida real não é bem assim.

Não há dúvidas de que a alta tecnologia, com sua riqueza de detalhes e precisão na execução de alguns projetos, contribui para fazer um trabalho inovador; porém, ela está longe de ser o único fator que importa em um canteiro de obras.

É possível surpreender clientes de maneira positiva e, com isso, garantir o selo de inovação como pedreiro, através de escolhas simples que geram bons resultados. Isso sim é inovar sem aumentar o custo da obra!

Para que você não perca nenhum detalhe sobre esse assunto e consiga atrair cada vez mais clientes para seu portfólio, separamos algumas dicas de como inovar sem aumentar o custo da obra. Com sorte, através delas, você vai conseguir até diminuir seu esforço de trabalho, uma vez que vai começar cada novo projeto por vias muito mais práticas e corretas.

4 dicas para inovar sem aumentar o custo da obra

Colocando essas dicas em prática, inovar sem aumentar o custo da obra vai virar sua especialidade – e uma característica que pode render muitos clientes.

#1 Ofereça um trabalho diferenciado

Se você já leu nosso post que explica como (e porque) todo pedreiro deveria apostar na inovaçãojá sabe que, nesse ramo, inovar sem aumentar o custo da obra significa fazer o simples e entregar o resultado que o cliente deseja.

Para tanto, o caminho é oferecer um trabalho diferenciado, que contribua para combater a fama negativa que muitos consumidores alimentam sobre os profissionais da construção civil, como a falta de compromisso, atrasos constantes e obras que ficam muito mais caras do que o previsto.

Nesse sentido, vale ter um planejamento sólido e claro para que todos, incluindo a equipe de pedreiros e clientes, conheçam, entendam e façam sua parte para respeitar as etapas propostas para o trabalho.

Vale, também, adotar medidas que contribuam para que a obra cause o mínimo de transtorno possível – o que inclui, por exemplo, optar por ferramentas e materiais que façam menos barulho, além de apostar na organização para não deixar os materiais espalhados demais.

#2 Avalie bem os recursos para o projeto

Outra forma de inovar sem aumentar o custo da obra está relacionada à escolha de soluções mais sustentáveis. A sustentabilidade não mora apenas no uso de “tecnologias verdes”, como é o caso dos sistemas de energia solar, por exemplo. Reaproveitar recursos e utilizá-los de forma a evitar desperdícios também faz parte da proposta.

Assim, é importante avaliar se existem, no local da obra, materiais que possam ser reaproveitados ou estruturas que possam ser utilizadas como parte do projeto. Essa criatividade pode direcionar para soluções novas e que, de quebra, reduzem alguns gastos!

Vale lembrar que optar pelas ferramentas corretas para cada tipo de serviçoé outra maneira de inovar sem aumentar o custo da obra. É justamente essa nossa próxima dica.

#3 Aposte em materiais inovadores

Algumas formas de economia para inovar sem aumentar o custo da obra podem surtir efeito contrário, gerando mais despesas, principalmente se o pedreiro resolve reinventar a roda quando não há a mínima necessidade disso, principalmente na escolha dos materiais e ferramentas.

Quem tem experiência com obras sabe que escolher materiais considerando apenas o preço tende a levar a resultados pouco duradouros e demandar que o trabalho seja refeito.

Por isso, conhecer e escolher materiais inovadores e que tenham melhor custo-benefício pode contribuir para a ideia de inovar sem aumentar o custo da obra. Um deles é o o impermeabilizante nanotecnológicoda Rebotec, do qual já falamos muito aqui no blog.

#4 Conheça novas tecnologias

O ramo da construção já pode contar com soluções de automação (aquelas que tornam automáticos alguns processos que são manuais) e materiais que se regeneram e fecham trincas e rachaduras, como o bioconcreto.

Mas, como já foi dito, não é preciso buscar soluções tão avançadas para inovar sem aumentar o custo da obra. Conhecer novas tecnologias permite o trabalho com novas metodologias que tornam etapas da obra menos trabalhosas e, ainda, aumentam a qualidade do resultado final.

Em outras palavras, é possível aprender formas novas e melhores de realizar um serviço sem que isso leve a qualquer aumento de custos.

Gostou de saber como é possível inovar sem aumentar o custo da obra e vai colocar essas ideias em prática o quanto antes? Se tiver alguma dúvida, fale com a gente!

Comments

Comentários


Deixe uma resposta