Como (e por que) todo pedreiro deveria inovar na obra

Muita gente acha que inovar na obra significa usar aparatos de alta tecnologia e entregar resultados que se pareçam com os carros alegóricos mais futuristas do carnaval carioca. Só quem é pedreiro sabe que a inovação pode passar muito longe disso tudo e, ainda assim, ser memorável para o cliente.

Inovar na obra, nos dias de hoje, significa fazer o simples – sem firulas. É ouvir o que o cliente quer, respeitar seu desejo, desde que ele seja viável dentro do que se pretende construir ou reformar e, principalmente, respeitar seu bolso. Tá faltando isso na rotina de muito pedreiro por aí, e é preciso entender que o país passa por uma crise financeira tensa.

Não é porque alguém está construindo ou reformando para ter seus sonhos realizados que isso signifique, necessariamente, que a pessoa está nadando em dinheiro. Por isso o pedreiro que sabe que o orçamento é apertado e consegue fazer o melhor com bons materiais, que também caibam no bolso do cliente, e ainda evitar o desperdício está inovando – e muito – no ramo da construção civil.

5 formas de inovar na obra fazendo o básico

É claro que a tecnologia ajuda muito quem quer inovar na obra, e prova disso é o Rebotec, um dos produtos mais vendidos do nosso site, que conta com nanotecnologia para garantir um resultado 100% satisfatório, o que já está muito acima de alguns concorrentes de impermeabilizantes.

Usar nivelador de piso para assentar porcelanato ou instalar forro de PVC sem furadeira também são formas de inovar na obra, principalmente porque essas soluções respeitam a máxima do custo-benefício para todas as partes envolvidas. Mas as ferramentas são apenas mais algumas possibilidades que o pedreiro tem de fazer um trabalho digno de ser chamado de inovador.

Quando o profissional é bom, ele também consegue inovar na obra nos seguintes sentidos:

  1. Liderando boas equipes de construtores que vão respeitar os prazos dos clientes;
  2. Tendo respostas para as dúvidas de quem está pagando pela obra;
  3. Sendo educado com os clientes e respeitando as regras da casa, como não fumar, não andar sem camisa e não falar alto;
  4. Utilizando ferramentas que façam o mínimo barulho possível, para não incomodar os moradores da casa e os vizinhos (deixar a furadeira de lado já é um bom começo para conquistar esse objetivo);
  5. Se informando de cada novidade do mercado para tornar seu trabalho menos árduo sem que isso, necessariamente, custe mais ao consumidor final. É a lei do menor esforço: como posso garantir a qualidade do serviço sem ter que me matar para realizá-lo?

A boa notícia é que essas e outras formas de inovar na obra são, hoje, assunto recorrente da internet. Além do blog do Inove sua Obra, que você lê agora, existem dezenas de profissionais da construção civil com canais no YouTube, ensinando vários macetes que podem ser considerados inovações.

Acreditamos que estar antenado é a melhor coisa que um pedreiro pode fazer pela sua carreira e pela reputação de seu trabalho, já que, como qualquer outra profissão, essa também precisa ser reciclada de vez em quando. É justamente por essa razão que, do lado de cá, trabalhamos para levar aos colegas nossos melhores conteúdos.

Agora já não tem mais desculpa quando te perguntarem sobre o que você anda fazendo de inovador nas obras que atende. E, se você chegou até aqui e leu esse texto todo – e está pronto para ler tantos outros mais –, isso indica que você está no caminho certo.

Conhecimento nunca é demais – e não tem melhor jeito de inovar na obra do que traduzindo tudo aquilo que você já aprendeu com a utilização dos melhores equipamentos para realizar um ótimo trabalho.

Comments

Comentários


Deixe uma resposta