Como escolher uma desempenadeira

Ei, você! Sabe como escolher uma desempenadeira que seja ideal para melhorar a sua obra? Tomar a decisão certa nesse momento da construção ou reforma pode mudar toda a cara do projeto para melhor.

Antes, contudo, de entender como escolher uma desempenadeira, é preciso que você relembre o que é e para que serve esse tipo de ferramenta.

Pra começo de conversa, a desempenadeira serve para aplicar argamassa em revestimentos  e alisar superfícies. Como já contamos, a arte que envolve como escolher uma desempenadeira passa pelos seus objetivos primordiais da obra, já que cada ferramenta vai atender a um propósito diferente.

Dessa forma, o principal material do qual é feito a desempenadeira é quem vai ditar qual tipo de produto você vai levar para casa, de acordo com o resultado que você quer ter na obra.

Atualmente, existem desempenadeiras de plástico, madeira ou metal, cada uma atendendo a um tipo diferente e específico de argamassa ou revestimento. Seu formato retangular faz com que ela seja facilmente identificada em uma obra.

desempenadeira

 

Como escolher uma desempenadeira pela matéria-prima

Os tipos de desempenadeiras disponíveis hoje no mercado são:

  • Reta: com base lisa e reta (metálica) para alcançar acabamento de qualidade em rebocos, emboços, argamassa e pisos de concreto;
  • Face dentada: utilizado em assentamento de pedras, azulejos e cerâmicas;
  • Superdentada: possui perfil dentado na largura e no comprimento, sendo o espaço entre os dentes uniforme. É mais indicada para revestimentos.
  • Superdentada em U: recomendada para aplicação de porcelanatos. Possui dentes com raio de 10 mm e espaçamento uniforme;
  • Borda redonda: utilizada na queima de pisos cimentados e para alisamento de concretagem por deposição ou projeção, a desempenadeira com borda redonda permite o contorno em pilares e tubos;
  • Plástica: Pode ter superfície lisa ou superlisa,  esta é uma ferramenta indicada para o preparo, nivelamento, revestimento e acabamento com massa grossa ou fina, monocapas e argamassas;
  • Plástica mini com borracha: Permite a criação de efeitos decorativos, como texturas e trabalhos com tintas especiais;
  • Plástica para efeito grafiato: devido sua borda arredondada, facilita a criação de efeitos decorativos mais específicos, como grafiato em revestimentos;
  • Plástica com borracha: utilizada para alisamento e acabamento com massa fina, acrílica ou corrida. É reconhecida por promover um efeito envelhecido no acabamento;
  • Plástica mini para texturização: usada na etapa final de serviços de pintura, texturas e acabamento em retoques diferenciados ou locais de dificil manuseio, como cantos ou locais arredondados e pequenos.

Ainda que sejam muitas as opções de oferta dessa ferramenta, você saberá como escolher uma desempenadeira se conseguir aproveitar seus resultados dentro da obra. E, aqui, estamos falando de algo que pode durar dias, meses, ou até anos.

Por isso, a maioria dos pedreiros acredita que a melhor desempenadeira do mercado é a de aço temperado, pois resiste muito aos problemas e materiais da obra e, além disso, dura muito mais que suas concorrentes de madeira ou plástico.

Se você não sabe como escolher uma desempenadeira de acordo com seus objetivos – o que ocorre muito com pedreiros novos ou donos de obra que são solicitados a ir às compras –, dê prioridade para as desempenadeiras de aço, de preferencia as que são dentadas e fechadas.

Contudo, o material não é o grande segredo para desempenar com qualidade, mas sim a forma de passar a desempenadeira em um reboco ou argamassa: isso deve ser feito sempre em círculos, e nunca parado em um só lugar da superfície.

Se houver buracos nas paredes ou pisos, a própria desempenadeira utilizada de maneira circular vai cobrindo essas imperfeições.

Materiais de qualidade fazem a diferença?

Basicamente, não adianta nada saber como escolher uma desempenadeira que vai mudar a sua vida – e a da sua obra – se os fornecedores desse tipo de produto não são uma prioridade para você.

Afinal,  fornecedor não apenas influencia na qualidade final do seu projeto, te ajudando a entregar um resultado sólido e positivo a seus contratantes, mas, também, vai te evitar muitas dores de cabeça em caso de trocas e suporte, se e quando houver essa necessidade.

É por isso que dizemos que saber como escolher uma desempenadeira é apenas a ponta do iceberg da inovação na obra: a partir dessa consciência é que vão existir os estudos por materiais, empresas fabricantes, lojas e sites  que comercializam o produto e como todas as partes desse todo podem ajudar os pedreiros a melhorar a percepção do seu trabalho.

Aqui na Inove Sua Obra temos como prioridade marcante a satisfação dos colegas pedreiros em entregar um projeto de qualidade e a gratidão dos clientes em reconhecer seus esforços contínuos rumo à melhoria.

Por isso, te sugerimos que, ao ter certeza de como escolher uma desempenadeira para a próxima etapa da sua obra, você visite o nosso site para escolher as melhores opções para o objetivo final que você propõe.

Temos opções incríveis, como a desempenadeira fechada dentada Atlas, que explicam porque as marcas com as quais trabalhamos são tão inovadoras, mesmo estando firmes no mercado há muito tempo.

Tem mais dúvidas sobre como escolher uma desempenadeira ou como utilizá-la? Fale com a Inove Sua Obra! Estamos à sua disposição para te ajudar a agregar valor ao seu trabalho.

Comments

Comentários


Deixe uma resposta