Os 10 Erros mais comuns de pedreiros iniciantes

Assim como em qualquer profissão, os pedreiros iniciantes podem cometer erros que prejudicam seu serviço e sua imagem no mercado.

Pensando em diminuir esses prejuízos e torná-lo um exemplo entre os pedreiros iniciantes que logo se tornarão experientes, separamos os 10 erros mais comuns – e, também, mais fáceis de serem evitados.

Você vai notar que todos eles dependem exclusivamente de você e de como você conduz seu serviço, sem que outras pessoas, empresas ou até mesmo a crise econômica sejam responsáveis pelo seu sucesso ou fracasso.

Ao identificar esses erros e corrigi-los você terá muito mais chances de conquistar novos clientes e trilhar uma carreira positiva dentro da profissão que escolheu.

pedreiro iniciante

10 erros que pedreiros iniciantes cometem

1. Falta de compromisso com a execução do trabalho

Esse é um triste erro causado por pedreiros iniciantes que, muitas vezes, se espelham em maus exemplos experientes.

Muitos profissionais pegam um trabalho e tem pressa ganhar o dinheiro, e por isso vão correr o máximo possível com a obra, ao invés de fazer um bom trabalho.

Esses profissionais deixam de ter responsabilidades e compromisso com seus clientes, inclusive no que diz respeito à segurança dos mesmos: se deu certo, deu, se não deu, paciência, se comete um erro não está nem aí… esse tipo de mentalidade deve ser cortado do manual dos pedreiros iniciantes.

2. Falta de ética profissional

Falar mal dos outros profissionais é um tiro no pé. Por isso, se o cliente tocar no assunto, seja imparcial, ofereça seu trabalho sem comprometer o dos outros e não caia nessas saias justas.

Além disso, não fale bem de uma ferramenta ou material só porque ouviu falar disso nas rodas de conversa: estude bem suas opções e leve ao cliente o melhor item que ele puder pagar.

3. Começar outro serviço antes de terminar o que você já começou

Às vezes uma obra vai demorar algum tempo para ser concluída, mas pedreiros iniciantes pegam outras obras pelo caminho para ganhar mais dinheiro. Esse é um descaso enorme com os clientes, pois o profissional que faz isso não leva em consideração o quanto uma obra pode ser desgastante para quem paga por ela.

Atrasar obras com prazos já estabelecidos porque surgiu um bico para fazer pelo caminho é um dos erros fatais para a imagem dos pedreiros iniciantes.

4. Receber o pagamento conforme combinado e deixar de ir trabalhar

Quantas vezes você já ouviu falar de gente que recebe o pagamento mas deixa de ir trabalhar por dois ou três dias para poder ganhar mais dinheiro com outra obra – ou gastar o dinheiro recebido?

Não seja essas pessoas. Ter compromisso vai te ajudar a garantir mais clientes.

5. Embolsar a diferença do preço dos materiais

Usar materiais de qualidade, como o Rebotec, que é uma sensação entre os pedreiros iniciantes, é imprescindível para garantir boas obras. Porém, não utilize a ignorância do cliente sobre o preço desses produtos para cobrar mais caro por eles e embolsar a diferença da compra.

Em poucos mercados a mentira tem perna tão curta quanto o da construção, e uma atitude dessas pode acabar com sua reputação logo no início.

6. Faltar sem avisar com antecedência

Imprevistos acontecem, mas a transparência deve ser uma das suas ferramentas de trabalho. Por isso, nem que seja por WhatsApp ou mensagem no Facebook, avise ao seu cliente, com antecedência, do motivo da sua ausência.

Deixá-lo imaginando o que pode ter acontecido é um erro fatal de pedreiros iniciantes.

7. Falta de organização na obra

Ferramentas pra cá, materiais pra lá… nenhuma obra é feita sem o mínimo de bagunça.

Contudo, o bom profissional limpa e organiza o local da sua obra depois de cada dia de trabalho, principalmente se o cliente morar onde a obra está sendo feita.

Manter a organização da obra é importantíssimo e leva em consideração, inclusive, a roupa adequada para desenvolver o serviço, o sapato confortável e o capacete para trabalhar com segurança, de maneira que suas ferramentas e materiais não causem problemas para os moradores da casa.

8. Falar demais e sem objetividade

Alguns profissionais não tem objetividade com o cliente e acabam falando demais sem chegar a um ponto claro de discussão. Um exemplo é contar vantagem do que já fez antes de chegar ali.

Lembre-se que, muitas vezes, o cliente não entende exatamente o que você está falando, seja transparente e fale apenas o necessário, dando opiniões apenas quando for solicitado, e nunca recomende material sem conhece-lo.

9. Desperdício de material

Isso ocorre muito com pedreiros iniciantes que jogam cimento fora, utilizam mais argamassa do que deveria, e isso prejudica o serviço. Tenha controle sobre esse tipo de gastos para que você possa lidar com isso de maneira coerente e econômica.

Sempre peça material apenas de acordo com o que vai fazer, aprenda a calcular os itens que você precisa e não desperdice.

10. Escolher materiais ruins

Lembre-se de escolher sempre os melhores materiais e inovar na sua obra pela qualidade que entrega ao final do serviço.

Materiais ruins, que não vão render nada e que vão dar mais trabalho ao cliente, farão com que ele pegue birra de você e não te chame ou te indique para mais nada.

inove sua obra

Ao contar com bons materiais – consulte o site do Inove Sua Obra para ficar por dentro de todos eles – você vai deixar os clientes felizes através das suas habilidades e, assim, conseguirá ser um pedreiro experiente mais rápido do que imagina.

Comments

Comentários


Um comentário sobre “Os 10 Erros mais comuns de pedreiros iniciantes

Deixe uma resposta