Todas as dúvidas respondidas sobre o Rebotec

A partir de hoje, aqui no blog do Inove sua Obra, você terá todas as dúvidas respondidas sobre o Rebotec para poder utilizar o produto impermeabilizante – que é o melhor de sua categoria – em diversas situações.

Para facilitar, separamos as dúvidas por etapas.

Dúvidas sobre Rebotec: Geral

Veja abaixo todas as dúvidas respondidas sobre o Rebotec e, caso tenha mais alguma que ainda não foi contemplada, deixe nos comentários!

1. Como aplico o produto em laje nova?

Você pode usar o Rebotec na laje nova em duas situações: na laje que vai ficar exposta e na que vai ser coberta, mas que pode ficar temporariamente exposta.

Na laje que vai ficar para sempre exposta você vai usar 4 kg de Rebotec para um saco de cimento (50 kg), mais agregados (areia, pedra, etc). É importante saber a quantidade de cimento que será utilizada para poder adaptar as medidas.

Na laje coberta você usa 2 kg de Rebotec para um saco de cimento (50 kg), mais agregados.

Pode ser aplicado no concreto da laje, ou na argamassa do contrapiso – que deve ter pelo menos 3 cm de espessura. A segunda opção, de aplicação no contrapiso, é mais econômica e possui a mesma eficácia.

Importante: Em lajes antigas o procedimento é o mesmo que de laje nova, só deve ser feita a limpeza da laje.

2. Como posso usar Rebotec no muro de arrimo?

A aplicação de Rebotec em muro de arrimo é feita direto no reboco na face em que receberá a terra. A proporção é de 4 kg para cada saco de cimento (50 kg) da argamassa.

3. Como utilizar Rebotec em piscinas?

Aplique Rebotec diretamente no concreto base da piscina e no emboço. A proporção é de 4 kg para cada de cimento (50 kg).

4. Como fazer reboco com Rebotec?

A proporção para o reboco normal é: 1 kg de Rebotec para 1 saco de cimento (50 kg). Em banheiro, cozinha e lavanderia, onde a umidade é maior, utilize 4 kg de Rebotec para cada saco de cimento.

5. Gostaria de usar Rebotec na fabricação de blocos de concreto. É possível?

Sim, é possível! Você deve fazer uma mistura de 4 kg de Rebotec para 1 saco de cimento (50 kg) nas suas medidas para confeccionar o bloco. É necessário que você faça os testes para verificar se o resultado é o esperado.

6. E no gesso: posso aplicar Rebotec nele e torná-lo impermeável?

O Rebotec consegue diminuir a absorção de água pelo gesso em até 80%, aumentando consideravelmente a sua vida útil. Contudo, ele não torna o material impermeável.  

Para usá-lo na diminuição de absorção de água utilize 500 g do produto para cada 40 kg de gesso, antes que a água seja acrescentada nessa mistura. Jamais tente utilizar Rebotec na superfície do gesso pronto.

7. Posso adicionar Rebotec na tinta?

Como misturar o Rebotec com tinta não é uma coisa indicada pelo fabricante, você pode fazer isso desde que assuma o risco de ter problemas na configuração final do produto. É importante ressaltar que a mistura pode alterar a cor e a textura da tinta e, ainda, afetar a aceitação de outra demão por cima, caso seja necessário.

8. Posso usar Rebotec no concreto de fundação?

Sim. O Rebotec pode ser usado diretamente no concreto de fundação, pilares, lajes e vigas desde que você siga o traço habitual e apenas acrescente o Rebotec na mistura. Como ele é isento de cloretos, não danifica as ferragens.

A receita padrão são 4kg de Rebotec para cada 50kg de cimento.

9. Posso adicionar o Rebotec no concreto usinado?

Sim, mas, nesse caso, é preciso ter a autorização da empresa fornecedora do concreto para que a adição não prejudique o produto final. Dessa forma, é preciso fazer uma mistura consistente no caminhão, deixando bater por, pelo menos, 15 minutos.

10. O Rebotec vai bem com outros aditivos?

Sim, desde que não sejam aditivos impermeabilizantes. Nesse caso, melhor utilizar apenas o Rebotec.

11. Nas paredes, posso utilizar Rebotec com a tinta escolhida?

Essa é uma atividade que ainda não foi homologada pela fabricante do produto, o que significa que o pedreiro, pintor ou dono da obra assume o risco de que a cor da tinta não fique da forma esperada após a aplicação de Rebotec.

É bom lembrar que o impermeabilizante pode alterar a textura e a cor da tinta, deixando-a com um tom acinzentado, e afetar a aceitação de uma demão de tinta por cima desta.

12. Mas e no reboco das paredes, pode usar?

Sim, pois o Rebotec no reboco das paredes não afeta a sua pintura. O produto permite que você tenha até 3mm de absorção em reboco, o que possibilita o assentamento cerâmico e a pintura sem problemas.

13. Como proceder no caso de umidade no rodapé da parede?

A primeira coisa a se fazer, nesse caso, é identificar de onde está vindo a umidade: se for do solo, o ideal é fazer o estancamento da viga baldrame; mas, se for da parede, você pode fazer o reboco utilizando o Rebotec sem problemas.

14. Como aplicar Rebotec em uma parede com umidade que faça divisa com a parede do vizinho?

Mais uma vez, é preciso identificar de onde a umidade está vindo, e se a resposta for do solo, é preciso fazer o estancamento da viga baldrame. Se houver vão entre as paredes em questão é necessário preenchê-lo com argamassa, na proporção de 4kg de Rebotec para cada 50kg de cimento.

Antes de aplicar a massa, que precisa ser bem líquida, para poder ocupar todo o espaço do vão, certifique-se de que não há acúmulo de água entre as paredes.

15. Posso colocar Rebotec no assentamento das cerâmicas de cozinha, lavanderia banheiro?

Sim, é possível utilizar o produto misturando com o reboco ou diretamente na argamassa. A receita padrão é de 500g de Rebotec para cada 20kg de argamassa, sendo recomendada a argamassa ac3 para esse processo.

É essencial que essa mistura seja feita por fricção mecânica, com betoneira ou batedor de argamassa.

16. Posso misturar Rebotec em reboco com cal?

Sim, não há nenhuma restrição da fabricante para essa mistura.

17. E com gesso?

Nesse caso, o Rebotec não é o ideal para impermeabilizar a superfície, pois no gesso o produto só garante cerca de 80% de diminuição de absorção de água. O ideal, então, é misturar o impermeabilizante no reboco antes de aplicar no gesso.

Nesse caso, a receita padrão é de 500g de Rebotec para cada 40kg de gesso, e a mistura deve ser feita antes que a água seja acrescentada nela.

Tem mais alguma dúvida sobre a utilização do Rebotec em início de obra, paredes ou gesso? Deixe sua pergunta nos comentários ou consulte seu pedreiro de confiança!

Dúvidas sobre Rebotec: Etapa da Laje

Veja abaixo nove perguntas muito frequentes sobre o uso do Rebotec em lajes de todos os tipos.

18. Posso fazer contrapiso sobre Vedalaje?

Sim. Como o Vedalaje é um produto cimentício, ele aceita uma camada de contrapiso sobre ele. Se desejar, pode usar o Rebotec aditivo para fazer o contrapiso, e então substitui a utilização do Vedalaje.

19. Quando uma superfície está impermeabilizada com Rebotec ou Vedalaje, é possível assentar pisos cerâmicos ou porcelanatos sobre ela?

Sim, desde que você utilize a argamassa correspondente, piso sobre piso. Quando o porcelanato tem acima de 60×60, a aplicação deve ser dupla, tanto na superfície quanto na peça.

20. Aliás, posso aplicar Rebotec ou Vedalaje sobre piso cerâmico e/ou porcelanato?

Se tratando do Vedalaje, aí não, pois a o produto não pode ser aplicado sobre nenhuma superfície desmoldante, de acordo com as instruções do fornecedor. Se não tiver nenhum jeito de retirar o piso antes da  aplicação, assente piso sobre piso, com muita paciência, e adicione o Rebotec aditivo na argamassa de assentamento e no rejunte.

21. O que fazer quando a laje apresenta rachaduras?

Antes de aplicar o Rebotec ou Vedalaje, conserte todas as rachaduras para que os produtos façam o efeito desejado. O ideal é abrir cerca de 2 cm de profundidade e preencher todo o vácuo com argamassa e Rebotec. Depois do conserto, pode aplicar o método escolhido.

22. Preciso nivelar a laje antes de aplicar Vedalaje?

Sim, e o ideal é que você faça o nivelamento com uma queda de pelo menos 0,5%. Assim, a água da chuva escorre sem criar poças, uma vez que cada poça exerce uma pressão sobre a superfície facilitando com que a água infiltre em eventuais fissuras que sejam formadas.

23. Já impermeabilizei a laje anteriormente, com outro produto. Posso aplicar Rebotec sobre ela?

Sim, desde que você se utilize o Rebotec aditivo para fazer um contrapiso. É importante que seu contrapiso, tenha no mínimo 3 cm de espessura e queda de pelo menos 0,5%.

24. Minha laje se movimentou e dilatou, abrindo fissuras. Mesmo com Rebotec, ela vai infiltrar?

Seja em contrapiso ou concreto, o Rebotec garante a impermeabilização da superfície desde que a fissura não ultrapasse os 3 mm. Esse é o limite de espaço para que o produto não deixe a água passar por ela.

Contudo, é indispensável que, nesse caso, a laje tenha um bom caimento para que a água não fique empoçada sobre a fissura.

No caso de fissuras maiores que 3 mm, o problema passa a ser estrutural da construção – e sua resolução será melhor definida por um engenheiro.

25. Posso utilizar Rebotec em contrapiso do tipo “farofa”?

Nesse caso, melhor abrir mão do impermeabilizante, uma vez que ele não é indicado para utilização no sistema farofa – e sim em uma massa úmida e homogênea, que possa garantir a maior hidratação do produto.

26. Onde Rebotec e Rebotec Vedalaje podem ser utilizados juntos?

O Vedalaje não pode ser utilizado por cima de superfícies desmoldantes, como tinta, graxa, manta asfáltica, base asfáltica ou acrílica, entre outros, porque o produto não terá a aderência adequada.

Já se o Rebotec for aplicado no contrapiso não é necessário aplicar o Rebotec Vedalaje por cima, já que apenas um dos produtos já traz o resultado esperado

27. Como fazer a massa de Rebotec?

As massas feitas com Rebotec devem ser misturadas através de ficção mecânica, em uma betoneira ou batedor de argamassa, para garantir a sua homogeneidade.

Por isso, essa é a única forma de fazer a massa sem ter dúvidas sobre o Rebotec trazer resultados ou não. Siga a risca essa dica, pois misturar o produto com colher de pedreiro, pá ou enxada não vai proporcionar à obra a total eficiência do Rebotec.

28. Em casos especiais, posso usar o Rebotec para impermeabilizar floreiras?

Sim, essa utilização é possível. Basta adicionar o Rebotec diretamente na argamassa para reboco, na proporção de 4kg de Rebotec para cada 50Kg de cimento.

29. Uma das principais dúvidas sobre Rebotec é se é possível utilizá-los em superfícies que vão estar cheias de água, como caixa d’água, tanques e piscinas…

Não se preocupe, nesse caso, pois o Rebotec pode ser aplicado em ambientes como cisternas, lagos de peixes, caixas d’água, reservatórios e outros exemplos sem o menor problema.

Como o produto é atóxico, ou seja, não vai causar nenhum dano à saúde através de uma intoxicação da água ou algo do tipo, você pode usar o produto diretamente no reboco ou no concreto.

Em ambos os casos, a proporção ideal é de 4kg de Rebotec para cada 50kg de cimento.

30. Posso utilizar Rebotec para impermeabilizar piscina de areia compactada?

Se essa for uma de suas grandes dúvidas sobre Rebotec, pode ficar despreocupado: o produto pode ser utilizado direto no concreto base da piscina, inclusive para evitar vazamentos. Após isso, é só fazer a camada de areia compactada.

Vale lembrar que, nesse caso, o Rebotec não substitui a resina, mas a complementa. Com as duas coisas juntas você vai dispor de uma obra completamente segura e impermeabilizada.

Se quiser ter mais dúvidas respondidas sobre o Rebotec, deixe sua pergunta nos comentários ou consulte o seu pedreiro de confiança!

Comments

Comentários


Deixe uma resposta